Sindicer-RN e alemães tratam da continuidade do Projeto Casa Passiva

Sindicer-RN e alemães tratam da continuidade do Projeto Casa Passiva

O presidente do Sindicato da Indústria Cerâmica para Construção do Estado do Rio Grande do Norte (Sindicer-RN), Pedro Terceiro de Melo, se reuniu com representantes do Instituto AgroScience, Thorsten Pollatz, e o cônsul honorário da Alemanha no RN, Axel Geppert, para tratar de parceria para utilização da tecnologia da Casa Passiva pelas empresas sindicalizadas. “Tratamos sobre a continuação do projeto Casa Passiva, uma segunda fase. A ideia é tropicalizar a tecnologia e os materiais adequando-os ao Brasil”, explica Axel.

A Casa Passiva é uma estrutura composta de material mais limpo, que evita resíduo e dispõe de mais eficácia energética que os modelos convencionais. O projeto, que já tem um protótipo no SENAI Zona Norte, faz parte da cooperação que desde 2009 vem acontecendo entre Brasil e Alemanha, para a realização de um intercâmbio nas áreas de ciência, comércio e empresarial.

A “passivhaus” é um modelo de certificação alemão de construção sustentável, criado com o objetivo de construir casas e edifícios com um consumo de energia zero ou muito baixo. O nome, Casa Passiva, é dado por esta ser capaz de gerenciar a sua climatização (captação, aquecimento/refrigeração e distribuição de ar) por si mesma, com mecanismos simples e de baixo consumo energético. Essas edificações reduzem até cerca de 75% o consumo de energia.

Back to Top - para cima
%d blogueiros gostam disto: