RN recebe doações e favorece 6 mil empresas em parcerias para o enfrentamento do coronavírus

Ao longo do período mais crítico da pandemia, iniciado em março deste ano, as ações de enfrentamento ao vírus fizeram com que Governo e empresas se unissem para proteger a população e minimizar as vulnerabilidades sociais decorrentes da redução das atividades econômicas. Nesta quinta (10), o Secretário do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, e o Controlador Geral do Estado, Pedro Lopes, receberam representantes da Associação dos Supermercados do RN (ASSURN), da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas do Estado do RN (FCDL-RN) e da Indústria Becker e fizeram um balanço das parcerias firmadas entre o Governo e as entidades classistas empresarias.

A parceria entre Governo e a Indústria Becker viabilizou o processamento e o envase gratuito de 50 mil litros de álcool 70%, os quais foram adquiridos de usina do Rio Grande do Norte em graduação concentrada pela ASSURN, CDL Natal e FCDL-RN. A operação proporcionou produtos adequados à proteção contra o coronavírus por R$ 3,00 o litro, preço cerca de 40% abaixo do mercado, favorecendo mais de 2 mil empresas comerciais do RN, os quais foram utilizados exclusivamente para higienização de clientes, funcionários e desinfecção de móveis e equipamentos.

“Nosso objetivo era minimizar os custos empresariais com o enfrentamento do vírus e encontramos na indústria Becker a sensibilidade para alcançar esse objetivo. Aproveitamos esse momento para agradecer esse gesto de solidariedade”, lembrou Pedro Lopes. A Becker também doou ao Governo do RN, para ser utilizado nos hospitais da rede pública e em ações assistenciais, 16 mil litros de álcool, 4,4 mil litros de sabonete líquido e 2 mil litros de água sanitária.

Distribuição de máscaras: RN + Protegido

O Governo do RN realiza durante a pandemia um dos maiores programas de distribuição de máscaras realizados à população: o RN + Protegido. Serão 7 milhões de unidades distribuídas, sendo que 5,4 milhões já foram destinadas a pelo menos 2 milhões de habitantes do RN. Mais de 6 mil empresas, por meio de suas representações classistas, receberam gratuitamente 450 mil máscaras do Programa, as quais foram destinadas a proteção dos clientes, colaboradores e campanhas educativas.

O Secretário Jaime Calado explicou que as máscaras de pano foram adquiridas nos dois primeiros lotes por apenas R$ 0,42 a unidade devido a doação dos tecidos pelas indústrias têxteis e da construção civil e a confecção de toda encomenda sem inclusão da margem de lucro pela Guararapes Confecções S/A. “O Governo está investindo R$ 3 milhões para pagar o serviço das costureiras que integram o programa Pró-Sertão, localizadas especialmente na região Seridó do RN, garantindo a manutenção de emprego de mais de 4.000 profissionais”, destacou Jaime.

Apoio e doação das empresas viabilizaram ações assistenciais e estruturação de hospitais

As empresas doaram mais de R$ 8 milhões em produtos e equipamentos ao Governo do RN. A FCDL-RN e CDL Natal doaram 25 circuitos ventilatórios para as UTIs, 33 mil litros de álcool 70% para a rede hospitalar, 300 coletes para a Cruz Vermelha e 200 cestas básicas. A ASSURN – doou 500 cestas básicas, além de equipamento hospitalares para a instalação das UTIS no hospital da Polícia Militar. Além disso, a ASSURN viabilizou a instituição do programa RN + Unido, que coletou nos supermercados de Natal, Mossoró e Parnamirim 35 toneladas de alimentos e material de higiene e limpeza, os quais foram transformados em 5 mil cestas básicas, favorecendo a pelo menos 20 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“Essa ação de distribuição de material de prevenção ao coronavírus foi iniciado em março e hoje vemos claramente a contribuição desse trabalho com nosso Estado figurando pelo quinto dia consecutivo como maior percentual na queda de número de óbitos no país”, lembrou o controlador-geral do Estado, Pedro Lopes.