Projovem Urbano tem aula inaugural no Centro de Referência em Educação Aluízio Alves

unnamedO prefeito Carlos Eduardo participou na noite desta segunda (23) da aula inaugural do Programa Nacional de Inclusão de Jovens na modalidade urbana (Projovem urbano), que foi realizada no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), localizado no bairro de Cidade da Esperança.
O Projovem foi implementado em 2005 e hoje, em Natal, atenderá cerca de 1.500 jovens que desejam concluir o ensino fundamental ao fim de 18 meses em um dos 7 núcleos espalhados pela cidade.
O prefeito destacou a importância da educação não só no mercado de trabalho, como na sociedade como um todo. “O mundo possui uma divisão bem nítida entre aqueles que têm educação, conhecimento e informação e os que não têm, e o maior propósito do Projovem é a educação”, afirmou.
Carlos Eduardo lembrou ainda que, além da educação, o Projovem também dá ao aluno a oportunidade de exercer a cidadania. “O estudo é a forma de se inserir dentro do processo de cidadania. Através do estudo se tem melhores oportunidades e, com isso, tem-se a dignidade, que é trabalhar para ter o seu salário todo mês, como todo cidadão.”
Além da educação básica, cursos de qualificação profissional ajudam os alunos a serem reinseridos no mercado de trabalho. “O Projovem é um importante instrumento de inclusão social, de reintrodução do aluno na sociedade por meio da formação técnica inicial”, disse o professor Wanderfil Germano.
E essa é a expectativa de quem está entrando nessa turma. “Eu quero terminar o ensino fundamental, concluir o curso de qualificação e, assim, ter mais oportunidades de empregos”, falou toda empolgada, a aluna Isaline Barbosa de 29 anos. Já para Raquel Pereira, 25 anos, o “Projovem vai ser uma oportunidade de melhorar a renda da família, e isso a gente só consegue com estudo”.
A secretária de Educação, Justina Iva, destacou que, além dos alunos receberem R$ 100,00/mês como auxílio para transporte, eles terão em cada núcleo uma “cuidadora” qualificada para deixarem seus filhos e assim, não terem motivos para não frequentar as aulas.
Ao final, os alunos assistiram a uma palestra de incentivo da prof.ª Sandra Borba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.