Projeto de saneamento de Natal é apresentado ao prefeito

O prefeito Carlos Eduardo participou de uma reunião na manhã desta quinta-feira (26), no salão nobre do Palácio Felipe Camarão, com a equipe técnica da Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern). Na oportunidade, o chefe do executivo municipal e alguns secretários diretamente envolvidos conheceram o projeto que pretende deixar a capital potiguar 100% saneada e de acordo com o órgão estadual terá inicio na segunda quinzena do mês de abril. A previsão é que sejam investidos R$ 503 milhões de reais na execução dos serviços nas zonas norte e sul de Natal.
Carlos Eduardo parabenizou o presidente da Caern, Marcelo Toscano, pela condução do projeto e colocou a estrutura da administração municipal a inteira disposição para que os futuros transtornos com as obras sejam minimizados. Por parte da Prefeitura participaram da reunião os secretários de Obras, Tomaz Neto, Meio Ambiente e Urbanismo, Marcelo Rosado, presidente da Agência Reguladora de Saneamento Básico de Natal (Arsban), Cláudio Porpino, além de representantes das secretarias de Trânsito e Transporte e Planejamento.
O prefeito determinou que todos os órgãos envolvidos ajudem no andamento dos serviços, pois classificou esse projeto de saneamento como muito importante e vital para o bem estar do cidadão natalense. Ele ainda solicitou que a Caern inicie os trabalhos pela zona norte de Natal, já que a Prefeitura começará a executar nos próximos meses o projeto de saneamento integrado, drenagem e pavimentação de mais de 400 ruas nos loteamentos de Boa Esperança, Nordelândia, Cidade Praia (bairro de Lagoa Azul), Parque Industrial, Bom Jesus (bairro de Nossa Senhora da Apresentação), Vila Paraíso, Parque dos Coqueiros, José Sarney e Câmara Cascudo. “A Prefeitura vai contribuir com o andamento dessas obras de saneamento”, reforçou.
O secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Tomaz Neto, alertou para o planejamento dos serviços, principalmente, na questão envolvendo a recomposição das vias já pavimentadas e calçadas que deverão ser escavadas para a colocação dos tubos da futura rede de esgotamento sanitário. Ele lembrou que essa será uma obra grandiosa e seria importante trazer o mínimo de transtornos para a população dos bairros. “Na zona norte esse problema será minimizado, pois boa parte das ruas da região não são calçadas. Mas, na zona sul a Caern tem que ficar atenta e fazer essa recuperação no menor tempo possível. Estaremos em alerta para cobrar que isso aconteça”, observou Tomaz.
Os representantes das empresas que executarão as obras revelaram que a recuperação das vias calçadas (paralelepípedos) deverá ocorrer em 48 horas. Já para as vias asfaltadas não foi dado um prazo para a recuperação, pois existe uma dificuldade no fornecimento do material. O presidente da Caern disse que essa parceria é muito importante para o desenvolvimento da cidade: “Quero agradecer a sensibilidade do prefeito Carlos Eduardo que entendeu a necessidade desse trabalho conjunto entre as esferas governamentais e só quem tem a ganhar é a população de Natal”.

Faça um comentário, sua opinião é muito importante para nós.