FENAJ convoca ato nacional contra demissões para 8 de maio em São Paulo

selo_8_de_maio_internaDia 8 de maio, vista preto! Esta é a convocação da FENAJ e Sindicatos de Jornalistas à categoria. No dia 8 de maio, em São Paulo, haverá um Ato Nacional contra demissões, precarização das relações de trabalho e práticas antissindicais. O evento será no auditório do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, às 15 horas. Depois haverá caminhada e manifestação em frente ao jornal Folha de São Paulo. A Federação orientou os Sindicatos a realizarem manifestações também em suas bases, em protesto nacional contra as demissões de jornalistas que se intensificaram em todo o país nos últimos meses.
No mesmo dia, às 13 horas, representantes dos Sindicatos e da FENAJ discutirão medidas jurídicas contra demissões. A partir das 15 horas, será realizado o Ato Nacional, no auditório do SJSP, com a participação de entidades e autoridades convidadas, e ao seu final, serão realizadas uma caminhada e uma manifestação em frente à sede da Folha de São Paulo.
Ao mesmo tempo, a orientação da FENAJ é para que em todas as bases sindicais a categoria seja convocada a vestir preto nesse dia de mobilização nacional contra as demissões, precarização das relações de trabalho e práticas antissindicais. A Federação está providenciando a confecção de artes para que a convocação da mobilização seja ampliada via redes sociais.
O protesto contra as demissões de jornalistas foi deliberado pelo Conselho de Representantes da FENAJ no dia 10 de abril. “Há uma ação articulada de caracterização de uma crise no setor que não existe e de irresponsabilidade social quanto ao emprego dos jornalistas”, diz o presidente da Federação, Celso Schröder. Segundo ele, os balanços das empresas mostram que o lucro dos patrões não é nada desprezível. “Precisamos reagir e lutar em defesa dos nossos direitos, por isso convocamos a categoria a assumir e participar desta mobilização”, conclui.

Faça um comentário, sua opinião é muito importante para nós.