Encerramento dos Projetos do PROCOMPI 2010-2015 é realizado na FIERN

DSC_0563p
Por Jô Lopes
O encerramento dos projetos do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Empresas (PROCOMPI) no Rio Grande do Norte foi apresentado no final da tarde desta quinta-feira (23), em um seminário realizado no Auditório Joaquim Victor de Holanda, na Casa da Indústria.
“É uma satisfação tratar de setores tão importantes de nossa economia com ênfase nas micro e pequenas empresas. Eu insisto que o micro e pequeno empresário precisam ter tratamento diferenciado, pois formam a sustentação econômica do nosso país”, disse o Presidente da FIERN, Amaro Sales, em breve pronunciamento.
De acordo com a Coordenadora Nacional do Procompi, Suzana Silveira, desde fevereiro de 2010 foram implantados 116 projetos, distribuídos em 25 unidades da Federação, que envolvem mais de 2.500 empresas industriais de micro e pequeno porte.
“Nesta edição foram contempladas as indústrias de bebidas e águas minerais, panificação, cerâmica vermelha, gráfica, polpas de frutas e água de coco. Em nossa pesquisa econômica sobre desempenho registramos um aumento de 35% na competitividade das empresas beneficiadas”, afirmou, explicando que a pesquisa foi importante porque abre precedentes para continuidade da parceria para novos projetos.
Durante o evento, presidentes e representantes dos sindicatos dos setores parceiros fizeram apresentações dos projetos considerados “cases” de sucesso. Para Vinícius Costa Lima, Presidente do SINGRAF, que fez uma explanação sobre o setor no Brasil e no RN, a parceria é muito importante. “A parceria possibilita que as empresas de menor porte possam fazer o que não conseguiriam realizar sozinhas e permite a interatividade no mercado industrial”, disse.
Os sindicatos contemplados são o Sindicato das Indústrias de Bebidas e Águas Minerais do Estado do Rio Grande do Norte (SICRAMIRN), o Sindicato da Indústria Cerâmica para Construção do Estado do Rio Grande do Norte (SINDICER-RN), o Sindicato das Indústrias de Confeitaria e Panificação de Natal (SINDIPAN), o Sindicato de Polpas e Derivados de Frutas e Água de Coco do Rio Grande do Norte (SINDIFRUTAS) e o Sindicato das Indústrias Gráficas do Rio Grande do Norte (SINGRAF).
O evento fechou um ciclo de cinco anos de parceria entre Confederação Nacional da Indústria (CNI), Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e Serviço de Brasileiro de Apoio ás Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RN) e os sindicatos filiados ao Sistema Indústria.
Participaram do Seminário o Vice-presidente da FIERN, Pedro Terceiro de Melo; o Diretor-tesoureiro da FIERN, Roberto Serquiz; o Superintendente Corporativo do Sistema FIERN, Raimundo Cruz; a Superintendente do IEL, Maria Angelica Teixeira e Silva; o Chefe de Gabinete da Presidência da FIERN, Fernando Antonio Bezerra, representantes das instituições parceiras, gestores e colaboradores do Sistema FIERN.