CVV abre curso para novos voluntários em Natal e em todo o país

Muitas pessoas querem dar mais utilidade às horas disponíveis e não sabem como começar. O CVV, ONG que presta apoio emocional e prevenção do suicídio gratuitamente há 53 anos, abriu programa de seleção de voluntários em diversos estados, incluindo o Rio Grande do Norte.
Para se tornar voluntário do CVV é preciso ter pelo menos 18 anos de idade, quatro horas semanais para conseguir realizar plantões e disposição em ouvir as pessoas. “Quem busca a ajuda do CVV normalmente está vivendo um momento de angústias, conflitos internos, sensação de solidão ou tristeza profunda”, explica Carlos Correia, voluntário do CVV há 22 anos.
Segundo Carlos, o voluntário aprende a conversar de forma a não julgar as emoções e intenções das pessoas, mas colocar-se à disposição para ajudá-las. “Normalmente, começamos a atuar no CVV achando que faremos bem exclusivamente a outras pessoas, mas com o tempo percebemos que uma parte desse benefício acaba vindo para nós também”, comenta.
Um grande número de pessoas que procura o CVV possui ideias suicidas ou pode caminhar para este ponto se não conseguir ajuda a tempo. Carlos comenta que os voluntários já receberam diversos contatos de pessoas que agradeceram o atendimento, afirmando que provavelmente não estariam vivas sem esse apoio.
Curso em Natal – No mês de março, quando completa 53 anos, diversos postos de atendimento do CVV em todo o país vão organizar os cursos para formação de novos voluntários, chamados de Programa de Seleção de Voluntários.
Em Natal, o Programa de Seleção de Voluntários terá início no dia 7 de março, das 14h às 17h30, no IFRN da Cidade Alta, na avenida Rio Branco, em Natal. Informações podem ser obtidas pelo telefone 141, ou pelo e-mail natal@cvv.org.br
Sobre o CVV – O Centro de Valorização da Vida, fundado em São Paulo em 1962, é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.200 voluntários em 18 estados mais o Distrito Federal, pelo telefone 141 (24 horas), pessoalmente (nos 68 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br via chat, VoIP (Skype) e e-mail.
É associado ao Befrienders Worldwide (www.befrienders.org), entidade que congrega as instituições congêneres de todo o mundo e participou da força tarefa que elaborou a Política Nacional de Prevenção do Suicídio do Ministério da Saúde.

Faça um comentário, sua opinião é muito importante para nós.