Azul Viagens confirma voo Mossoró/Recife e Belo Horizonte/Natal

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado do Turismo do RN mantém o foco na recuperação de voos perdidos na última década e conta agora com mais uma conquista. Em reunião do titular da pasta, Ruy Gaspar, com diretores da Azul Viagens, na sede da empresa, em São Paulo, foi confirmado o voo Mossoró/Recife tão logo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) libere o Aeroporto Dix-Sept Rosado.
Além desta novidade, anunciada na tarde de ontem (8), a Azul também se comprometeu a colocar voos extras ligando Belo Horizonte a Natal, no período de alta temporada, em julho. Solicitado pelo secretário, a empresa prometeu estudar a possibilidade de voos diretos para Natal vindos de São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, municípios situados no interior de São Paulo, e ainda do município mineiro de Uberlândia, além da capital paranaense, Curitiba.
Para o Aeroporto de Mossoró ser liberado são necessárias adequações já encaminhadas pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER). Para o início das obras é necessária abertura de licitação. A empresa vencedora do processo tem entre três e quatro meses para conclusão das obras. Segundo Ruy Gaspar, o comprometimento da Azul é de que dois meses após a liberação da ANAC, o voo Mossoró-Recife comece a operar.
Já nos três primeiros meses de gestão, o trabalho do Governo do Estado e da Setur RN foi responsável pela conquista do voo internacional vindo de Bueno Aires, pela Gol Linhas Aéreas, e ainda do voo fretado Campinas-Natal-Campinas, da mesma empresa em parceria com a CVC. Afora a possibilidade de mais dois voos oriundos da Europa: Estocolmo (Suécia) e Milão (Itália), com operação prevista para até o fim deste ano.
O secretário Ruy Gaspar se encontra em São Paulo desde ontem, onde participará de uma das principais feiras do turismo nacional, promovida pela Associação das Agências de Viagem do Interior do Estado de SP. O governador Robinson Faria também estará presente à feira, na sexta-feira, sendo o primeiro chefe de Estado do Brasil e participar de uma das 38 edições do evento. Hoje, São Paulo é o principal emissor de turistas ao Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.