Acordo com credores viabiliza leilão de prédios do PAPI

Um leilão dos imóveis onde funcionaram o Pronto Socorro PAPI, no Tirol, marcado para o próximo dia 30 de maio, deverá acabar com a espera de dezenas de ex-funcionários do hospital, que encerrou suas atividades em 2016 e não quitou as obrigações trabalhistas de seus empregados.

O prédio onde funcionou o hospital e os ambulatórios do PAPI, na avenida Afonso Pena, avaliado em R$ 15 milhões e mais dois outros imóveis, localizados na rua Apodi, avaliados em R$ 3.671.160,00, serão leiloados com lance inicial de R$ 13.250.212,00 (70% do valor da avaliação).

Em audiência de conciliação, conduzida pelo juiz Cacio Oliveira Manoel, representantes da Unicred Natal, da Companhia Hipotecária Brasileira (CHB) e do sindicato dos trabalhadores de enfermagem concordaram com os termos da venda do imóvel para quitação da dívida do antigo hospital com as instituições financeiras e com seus ex-empregados.

O leilão dos imóveis do PAPI será realizado no salão de eventos do Hotel Magestic (Av. Roberto Freire, 3800 – Ponta Negra), a partir das 10:00h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *